Categorias
HQ nacional

MSP 50 e + 50: Turma da Mônica por outros artistas

Inspirado pela proximidade do Dia das Crianças resolvi escrever sobre dois livros que homenageiam a obra do melhor cartunista-empresário: MSP 50 – Mauricio de Sousa por 50 Artistas e MSP + 50 – Mauricio de Sousa por mais 50 Artistas. Vamos lá?

MSP 50 – Mauricio de Sousa por 50 Artistas – O primeiro livro da série fez parte das ações de comemoração dos 50 anos de carreira do cartunista, celebrados em 2009 (como esta exposição no Mube que comentei neste outro post ). Projeto idealizado e editado pelo premiado jornalista especializado em quadrinhos, Sidney Gusman, que coordena projetos especiais na Mauricio de Sousa Produções e é editor-chefe do mais completo site sobre HQs do país, o UniversoHQ.

A publicação é uma sucessão de acertos: mostra como o trabalho do cartunista influencia de uma maneira ou outra a produção nacional de quadrinhos e seus artistas; exibe versões diferentes de personagens consagrados, provocando ótima reciclagem criativa de roteiro e arte; permite que artistas sejam creditados nas próprias HQs (coisa que não acontece nas histórias regulares da turminha); serve de apresentação de muitos talentos a um público que só conhece a produção nacional de quadrinhos por meio do trabalho de Mauricio de Sousa; e daí por diante… Porém, nesta edição, muitos ainda preferiram centrar na questão da homenagem (sem enredos mirabolantes) e até quem optou por produzir HQs totalmente fiéis ao original.

Particularmente, destaco a versão mangá de Chico Bento, de Erica Awano; Rolo, Tina e Louco, na visão de Fábio Lyra; Franjinha e Marina em versão realista de Otoniel Oliveira; o Capitão Fio de Orlandeli; o Horácio em arte mais realista de Raphael Salimena; e a Turminha da Mônica em HQ metalinguística de Fernando Gonsales.

MSP 50 – Mauricio de Sousa por 50 Artistas (Panini Books) – Edição de Sidney Gusman, com HQs e ilustrações produzidas por: Angeli, Antônio Cedraz, Antonio Eder, Baptistão, Cau Gomes, Christie Queiroz, Dalcio Machado, Daniel Brandão, Erica Awano, Fabio Cobiaco, Fábio Lyra, Fábio Monn, Fábio Yabu, Fernandes, Fernando Gonsales, Fido Nesti, Flávio Luiz, Gabriel Bá, Gilmar, Guazzelli, Gustavo Duarte, Ivan Reis, Jean Galvão, Jean Okada, Jô Oliveira, João Marcos, José Aguiar, Julia Bax, Laerte, Lailson, Laudo, Lelis, Luciano Félix, Manoel Magalhães, Marcelo Campos, Mascaro, Orlandeli, Osmarco Valadão, Otoniel Oliveira, Rafael Sica, Raphael Salimena, Benett, Renato Guedes, Rodrigo Rosa, Samuel Casal, Spacca, Vinicius Mitchell, Vitor Cafaggi, Wander Antunes e Ziraldo. Formato 19,3X27,5 cm, 196 páginas coloridas – R$ 98,00 (capa dura) e R$ 55,00 (capa cartonada). Nota SV: 8 (de 10)


MSP + 50 – Mauricio de Sousa por mais 50 Artistas – O volume comemorativo deu tão certo, que Mauricio resolveu repetir a dose. Gusman convidou outros 50 artistas para o segundo livro do que se tornou uma série (há intenção de uma nova publicação da linha em 2011).
Com o conhecimento da edição anterior, os autores aproveitaram melhor a oportunidade de imprimir sua marca pessoal nos personagens tão conhecidos pelos brasileiros. São muitas as boas histórias, mas destaco estas versões: Piteco e Thuga, por Emerson Lopes; Bugu, por Roger Cruz; toda a turma, por Lucas Lima; a Turma da Mônica numa HQ não-linear de traço realista, por Rogério Vilela (talvez a melhor HQ); Tina e Rolo na bela arte realista de Adriana Melo; Jeremias, de André Diniz; a turma do Penadinho de Danilo Beyruth; Piteco, por Fábio Ciccone; e a turma da Mônica numa amalucada versão de Alice no País das Maravilhas, por J. Márcio Nicolosi. O que já era bom, ficou perfeito.

MSP + 50 – Mauricio de Sousa por mais 50 Artistas (Panini Books) – Edição de Sidney Gusman, com HQs e ilustrações produzidas por: A.B. Ducci, Adriana Mello, Allan Sieber, André Diniz, André Kitagawa, André Vazzios, Beto Nicácio, Biratan, Caco Galhardo, Clara Gomes, Danilo Beyruth, Denílson Albano, Diogo Saito, Duke, Eduardo Medeiros, Emerson Lopes, Fabio Ciccone, Fernanda Chiella, Gian Danton, Greg Tocchini, Hector Salas, Iotti, J.J. Marreiro, João Lin, José Márcio Nicolosi, Jota A, Kako D’Angelo, Lucas Lima, Luis Augusto, Marcatti, Marcelo Braga, Mário Cau, Marlon Tenório, Mateus Santolouco, Mozart Couto, Odyr, Pablo Mayer, Rafael Albuquerque, Rafael Coutinho, Rafael Grampá, Ric Milk, Ricardo Manhães, Roger Cruz, Rogério “Romahs” Mascarenhas, Rogério Vilela, S. Lobo, Tiago Hoisel, Wellington Srbek, Will e Willandi. Formato 19,3X27,5 cm, 220 páginas coloridas – R$ 98,00 (capa dura) e R$ 59,00 (capa cartonada). Nota SV: 10 (de 10)

Ler outras resenhas
Categorias
HQ Mulheres nos quadrinhos

Lady’s Comics – mulheres e os quadrinhos


O mundo dos quadrinhos sempre esteve muito ligado ao universo masculino. Desde os envolvidos em sua produção, passando por personagens e, especialmente, o público. Mas a nona arte não faz restrição de gênero e as mulheres estão cada vez mais inseridas neste contexto. E as garotas quadrinistas e aficionadas ganharam um novo ponto de encontro na internet: o blog Lady’s Comics.


Este blog surgiu a partir da necessidade de encontrar no ciberespaço um cantinho que falasse das histórias em quadrinhos, das ilustrações, das charges, tiras… Enfim! Do universo da banda desenhada para público feminino. Não somente sobre o erótico, ou como são bonitas as personagens nas HQ’s, mas da mulher que está dentro desse mercado, que quer saber das novidades e que também habita esses lares, apesar de ser na maioria masculina“. É o que explica no post inaugural a jornalista Mariamma Fonseca, responsável pelo blog ao lado da designer Samanta Coan e da ilustradora Lu Cafaggi.


O material é bastante interessante, ora sobre quadrinistas, ora sobre personagens femininos, com matérias e entrevistas (entrevistaram recentemente a Samanta Flôor, dos Toscomics, que também foi tema de entrevista deste blog neste post). 


Parada obrigatória, independente de gênero. 


E pra quem estiver em Belo Horizonte, não perca o evento de lançamento do blog, na Casa dos Quadrinhos, dia 16/10, com direito a exposição de desenhos enviados por internautas até dia 12/10, como vê aqui e na imagem abaixo.