Categorias
Quadrinistas nipo-brasileiros

Julio Shimamoto

Julio Shimamoto é também conhecido como Shimamoto, Shima, ou ainda como o Samurai dos Quadrinhos. Referência não apenas entre os quadrinistas nipo-brasileiros, mas também um dos grandes mestres das HQs nacionais. Com 85 anos (completados em maio de 2024), segue produzindo. Em 2019, foi o artista homenageado do Artists Alley da Comic Con Experience (CCXP).

Sua arte em preto e branco é impactante e expressiva. Na ativa desde a década de 1950, é de uma geração de artistas nacionais particularmente marcada pelo trabalho com o terror, mas também já realizou histórias de outros gêneros e temas, como: fantasia, samurais, erótico, super heróis e até infantil. Publicou a tira O Gaúcho na Folha de S. Paulo e ilustrou para editoras como Vecchi, Grafipar, Bloch, RGE, Nova Sampa, entre outras. 

Parte de suas publicações atuais representam reedições de materiais antigos, mas também há espaço para novas criações, como a HQ Cidade de Sangue (feita em colaboração com o roteirista Márcio Jr). Recentemente, foi homenageado com uma biografia: Julio Shimamoto – O Samurai do Traço,  escrita pelo jornalista e pesquisador Dario Chaves (editora Criativo). Muitas de suas publicações recentes têm sido lançadas com apoio de campanhas de financiamento coletivo, como Ken no Michi, Colt 45 e Sketchbook Shimamoto.

Extra:
Enviei a revista Amarelo Seletivo para que ele pudesse conhecer. Shima então me mandou a mensagem simpática, que copio a seguir:

Recebi hoje o seu livrinho de quadrinhos Amarelo Seletivo, trazendo um tema muito relevante para nós, descendentes de japoneses!  Destaca-se a sua narrativa de magistral leveza, em parceria com a Talessak, que soma com seu grafismo magnetizante! 

Sobre o autor e obra:

Confira mais autores nipo-brasileiros de quadrinhos.

Uma resposta em “Julio Shimamoto”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *