Categorias
blog SV eventos

Fábio Moon, Gabriel Bá e as palestras em quadrinhos Quartas ao Cubo

 

Os irmãos quadrinistas Fábio Moon e Gabriel Bá se revezam em desenho e fala na palestra Como e Por Que Retratar os Pequenos/Grandes Dramas Cotidianos em Quadrinhos?

A dupla compartilha seu encanto por fatos corriqueiros e o desafio de fazer o leitor se identificar com as histórias e refletir sobre elas. Falam ainda do trabalho com tiras, histórias curtas e mais longas, além da construção do público. O desenho realizado durante a atividade foi posteriormente utilizado na produção de uma tira da série Quase Nada.

Esta é uma das quatro palestras em quadrinho do Quartas ao Cubo, evento do Itaú Cultural no qual artistas convidados desenharam enquanto comentavam seu processo de criação e o futuro dos HQs. Uma ação na qual atuei na curadoria, produção e mediação, tratada no blog, neste post anterior.​

Você pode assistir a palestra toda ou saltar direto para estes temas:

– A descoberta do tipo de histórias para contar: https://youtu.be/xavsghVsqM0?t=17m12s.

– Sobre trabalhar com o que se acredita: https://youtu.be/xavsghVsqM0?t=33m10s.

– A criação do público por meio da produção periódica: https://youtu.be/xavsghVsqM0?t=1h4m25s.

 

Fábio Moon (à esquerda) e Gabriel Bá, em foto de Chris Rufatto
Fábio Moon (à esquerda) e Gabriel Bá, em foto de Chris Rufatto

 

Assista outras palestras de Quartas ao Cubo:

Lourenço Mutarelli

Luís Felipe Garrocho

André Diniz

Mais sobre Gabriel Bá e Fábio Moon

Veja ainda o blog dos artistas: 10 Pãezinhos

 

Categorias
eventos vídeos

André Diniz em: Quartas ao Cubo – palestras em quadrinho

 

O quadrinista, roteirista e ilustrador André Diniz, em palestra sob o tema Quadrinhos Pensados para o Meio Digital – com mediação do jornalista e produtor cultural Ricardo Tayra.

O autor fala sobre o mercado do início dos anos 2000, a criação da editora Nona Arte e como a internet e o avanço das tecnologias mudaram o panorama nacional do setor. Explica e demonstra os elementos que utiliza em seu trabalho e trata de suas influências e das vantagens e desvantagens da ausência de limites na produção para o meio digital.

Esta é uma das quatro palestras em quadrinho do Quartas ao Cubo, evento do Itaú Cultural no qual artistas convidados desenharam enquanto comentavam seu processo de criação e o futuro dos HQs. Uma ação na qual atuei na curadoria, produção e mediação, tratada no blog, neste post anterior.

Você pode assistir a palestra na íntegra (recomendo!) ou saltar direto para estes temas:

– Soluções digitais que desenvolveu para desenhar: https://youtu.be/KGC9YNwXNP8?t=21m41s.

– A nova fase do Muzinga.net: https://youtu.be/KGC9YNwXNP8?t=43m16s.

– Recursos digitais que pioram a narrativa: https://youtu.be/KGC9YNwXNP8?t=47m00s.

André Diniz, clicado por Chris Rufatto
André Diniz, clicado por Chris Rufatto

 

Assista outras palestras de Quartas ao Cubo:

Lourenço Mutarelli

Luís Felipe Garrocho

Categorias
eventos

Luís Felipe Garrocho em: Quartas ao Cubo – palestras em quadrinhos

O quadrinista e professor Luís Felipe Garrocho desenha enquanto trata do desafio de produzir HQs para o atual público infantil, em palestra com mediação do jornalista e produtor cultural Ricardo Tayra (vulgo, eu mesmo).

Garrocho destaca as diferenças do quadrinho infantil e do quadrinho produzido para crianças, da produção ocidental e da oriental. Coautor, com Eduardo Damasceno, de Bidu – Caminhos (uma versão do personagem de Mauricio de Sousa) e Cosmonauta Cosmo, conta detalhes de seu processo de produção, normalmente em dupla. Reforça a importância de criar sem dividir o público por gênero, de valorizar a inteligência dos garotos, de pensar como criança, do design e das páginas.

Esta é uma das quatro palestras em quadrinho do Quartas ao Cubo, evento idealizado e produzido pelo Itaú Cultural, no qual artistas convidados desenham enquanto comentam seu processo de criação e o futuro dos HQs. Uma ação na qual atuei na curadoria, produção e mediação, sobre a qual falamos anteriormente aqui no blog, neste post acolá.

Luís Felipe Garrocho, em foto de Ivson Miranda
Luís Felipe Garrocho, em foto de Ivson Miranda

Você pode assistir a palestra na íntegra (recomendo!) ou saltar direto para estes temas:

– O problema de pautar a produção por gênero: https://youtu.be/ZqiT4Ql4tJ0?t=11m05s.

– Sobre valorizar o suporte HQ: https://youtu.be/ZqiT4Ql4tJ0?t=30m18s.

– A opção por licenciar obras via creative commons: https://youtu.be/ZqiT4Ql4tJ0?t=1h13m13s.

Todos os vídeos serão publicados na playlist Quadrinhos do canal do instituto no Youtube.

Assista também outras palestras nas Quartas ao Cubo:

Lourenço Mutarelli

André Diniz

Categorias
eventos

Lourenço Mutarelli em: Quartas ao Cubo

Nesta semana na qual se comemora o Dia do Quadrinho Nacional (em 30 de janeiro), o Itaú Cultural publica um vídeo por dia da série de palestras desenhadas das Quartas ao Cubo, evento especial de 2015. O primeiro a entrar no ar, corresponde à participação de Lourenço Mutarelli.

Na palestra Para Além da Adaptação: Diálogos entre Quadrinhos e Outras Formas de Expressão Artística, o romancista, quadrinista e dramaturgo conversa enquanto desenha Xipetotec – personagem inspirado em um deus asteca, que surgiu em seus cadernos de esboços. A mediação é do jornalista e produtor cultural Ricardo Tayra (este que vos fala).  

Mutarelli explica como determina se uma ideia será desenvolvida como HQ, texto etc., fala sobre seus cadernos de esboços, experiência mística, processo criativo e a influência da música e de sua percepção sobre o mundo em sua arte, assim como a vontade de lançar outros quadrinistas.

A proposta do evento Quartas ao Cubo foi a de convidar para desenharem enquanto comentavam seu processo de criação e o futuro dos HQs. Lei mais neste post.

Você também pode acessar direto para os trechos específicos da conversa, indicados abaixo, clicando nos links:

– O trabalho com arte: https://youtu.be/81CufJ_Ty74?t=21m42s.

– A música que acompanha sua produção de desenhos: https://youtu.be/81CufJ_Ty74?t=35m55s.

– Quadrinhos póstumos e a vontade de lançar outros artistas: https://youtu.be/81CufJ_Ty74?t=58m34s.

Lourenço Mutarelli e Ricardo Tayra (foto de Ivson Miranda)
Lourenço Mutarelli e Ricardo Tayra (foto de Ivson Miranda)

 

Todos os vídeos serão publicados na playlist Quadrinhos do canal do instituto no Youtube.

Assista a palestra de Luís Felipe Garrocho no evento.

Detalhe de Mutarelli desenhando, em foto de Ivson Miranda
Detalhe de Mutarelli desenhando, em foto de Ivson Miranda

 

Todos os vídeos serão publicados na playlist Quadrinhos do canal do instituto no Youtube.

Assista também outras palestras nas Quartas ao Cubo:

Luís Felipe Garrocho

André Diniz

Leia mais sobre Lourenço Mutarelli.

Categorias
eventos HQ nacional

Quartas ao Cubo: como foram as palestras desenhadas com Mutarelli, Bá, Moon, Garrocho e Diniz

No mês de abril, tive a oportunidade incrível de produzir dois eventos bacanas sobre Histórias em Quadrinhos para o Itaú Cultural: as Quartas ao Cubo e a Batalha de Quadrinhos. Anteriormente divulguei as ações aqui, agora vou contar um pouco do processo e como foi que efetivamente a coisa rolou.

QUARTAS AO CUBO

Começamos a pensar neste evento ainda em 2014, ao tratar da programação para este ano. Primeiro veio a ideia do formato, de não ser uma palestra convencional e sim uma “palestra desenhada”, na qual os artistas não apenas falariam sobre as possibilidades das HQs , como desenhariam também durante a conversa.

Categorias
eventos HQ

HQs em destaque em Abril no Itaú Cultural: Quartas ao Cubo e Batalha de Quadrinhos

No final do ano passado, já estava a discutir o futuro dos quadrinhos. Comecei 2015 falando de pequenas coisas que todos os fãs podem fazer para promover as HQs. Em entrevista à Rádio Nacional da Amazônia, no Dia do Quadrinho Nacional, cobrei mais ousadia aos quadrinistas em suas propostas criativas. O resultado mais visível desta minha linha de ação acontecerá em abril, em duas ações relacionadas ao universo dos quadrinhos que ajudei a conceber para o Itaú Cultural, em São Paulo. Serão 7 dias de eventos, todos com entrada gratuita.