Categorias
Jornalismo em Quadrinhos

Sumiço de notebook marca palestra do cartunista Art Spielgman em SP

Era pra ter sido um encontro bacana com o cartunista norte-americano Art Spielgman, autor da premiada graphic novel Maus, em São Paulo (simplesmente uma das 10 que mudaram a minha vida e de muitos leitores de HQ). Mas a palestra da noite desta segunda, 28 de maio, no 4º Congresso Internacional Cult de Jornalismo Cultural foi marcado mesmo pelo sumiço do notebook do palestrante.


Eu estava no congresso e, depois de uns testes com a internet local, tinha resolvido que faria  a cobertura ao vivo, via Twitter e Facebook, como logo anunciei aqui no blog


Terminada a mesa anterior, a maioria das pessoas deixou a sala do evento. Mas antes de ir para o intervalo, fiz algumas fotos enquanto faziam testes, incluindo esta que ilustra o post, na qual ainda se vê o notebook de Spielgman na mesa. 


Voltei para a sala mais próximo do horário da palestra, que começaria às 19h e comecei a postar enquanto aguardava o início. Mas a palestra não começava e se via um movimento nervoso se pessoas de um lado para o outro. Começou a circular um boca a boca logo confirmado pela produção do evento ao microfone: pediram desculpas pelo atraso, mas o notebook do cartunista havia sumido!


Algumas pessoas disseram ter visto um sujeito de azul próximo à mesa, antes de darem pela falta do aparelho. Aparentemente, embora muitos fotografassem por ali, como eu, ninguém tinha feito foto do sujeito (embora tenha ouvido algumas testemunhas dizerem que o reconheceriam se o vissem de novo). Num primeiro momento, a produção acreditava que alguém pudesse ter confundido e pêgo o notebook por engano, mas depois começou a trabalhar com a hipótese de furto mesmo, inclusive se comprometendo a abrir boletim de ocorrência na polícia.


Spielgman ficou visivelmente nervoso, mas foi muito profissional e, graças a um backup da apresentação que carregava num pen drive, pôde  realizar sua palestra. Mas foi uma situação péssima e certamente contará negativamente quando ele pensar novamente em voltar ao Brasil. Parece até que um ladrão anda se especializando em fazer quadrinistas de vítimas, lembrando que Laerte já teve seu acervo roubado neste anoEspero que isso se resolva.


De todo o modo, confira como foi a palestra com Art Spielgman, em tweets:




[<a href=”http://storify.com/saposvoadores/palestra-com-o-cartunista-art-spielgman-autor-de-m” target=”_blank”>View the story “Palestra com o cartunista Art Spielgman, autor de MAUS” on Storify</a>]

Categorias
10 quadrinhos que mudaram minha vida

10 Quadrinhos que mudaram minha vida + 1 – por Bruno Dorigatti (Rio Comicon)

Qual seria a lista das 10 Histórias em Quadrinho que mudaram minha vida?

 
Com esta pergunta martelando na minha cabeça, criei não apenas a minha lista mas esta série de posts sob mesmo tema, para a qual tenho convidado profissionais ligados ao mundo dos HQs a compartilhar também suas respostas.
 
O mais bacana é não tentar ficar pensando em termos de “melhor” ou “pior” e sim em histórias que representaram um marco para o convidado em questão e por qual motivo.