Categorias
Amarelo Seletivo blog SV Doações Amarelo Seletivo

Gibiteca Escolar Helena Fonseca (Leopoldina – MG) | Amarelo Seletivo

A Gibiteca Helena Fonseca integra a Escola Municipal Judith Lintz Guedes Machado (Leopoldina – MG). Conheci por conta do site que a equipe mantém – inclusive, há alguns anos tinham postado a respeito de um texto do SaposVoadores (como comentei aqui).

A professora Natania Nogueira, responsável pelo espaço, agradeceu o envio do exemplar da HQ e me contou que a gibiteca reabriu há pouco tempo, após uma reforma. Também me disse que as crianças estão adorando, quase não para na prateleira! Natania enviou gentilmente as imagens do local, que reproduzo neste post. 

Achei curiosa a imagem da Amarelo Seletivo ao lado de um livro da Mafalda, pois me remeteu imediatamente a uma foto que fiz recentemente em frente a um restaurante argentino na cidade de São Paulo – coloco as duas imagens abaixo, será que foi coincidência?

Leia mais sobre o processo de doação de exemplares de Amarelo Seletivo.

Categorias
Amarelo Seletivo blog SV Doações Amarelo Seletivo

Biblioteca da E.M. Prof. Benedicto José Nunes (Sorocaba – SP) | Amarelo Seletivo

Além de receber um exemplar da HQ Amarelo Seletivo para sua biblioteca, a equipe de professores da Escola Municipal Prof. Benedicto José Nunes (Sorocaba – SP) realizou um encontro comigo para falar sobre minha trajetória e sobre a história. A atividade foi organizada pelo orientador pedagógico Eduardo Junior e o papo rolou por meio de conferência virtual.

A revista está disponível para a equipe docente na Caixa da Diversidade,  que integra o Projeto Lugares de Ler. A ideia é que seja realizado trabalho pedagógico aos alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental a partir da HQ. Incrível que a obra esteja sendo trabalhada em contexto educacional!

Nas imagens abaixo, a Caixa da Diversidade e a conversa, realizada virtualmente.

Leia mais sobre o processo de doação de exemplares de Amarelo Seletivo.

 

Categorias
Amarelo Seletivo blog SV Crowdfunding Doações Amarelo Seletivo

Doação de revistas Amarelo Seletivo

A segunda campanha da HQ Amarelo Seletivo buscou financiamento coletivo para ampliar a distribuição da revista. Por conta dos apoios alcançados, estou realizando também doações de exemplares para instituições culturais e/ou educacionais (algumas delas indicadas pelos próprios apoiadores).Listo a seguir instituições que já receberam seus exemplares e autorizaram a inclusão de seus nomes aqui nesta lista permanente do site:

  • Associação Kinchojinkai do Brasil (São Paulo – SP)
  • Associação Okinawa de Guarulhos (SP)
  • Associação Okinawa Kenjin do Brasil – Centro Cultural Okinawa do Brasil | AOKB – CCOB (São Paulo – SP)
  • Colégio Ítaca | Biblioteca (São Paulo – SP)
  • Escola de Aplicação da FEUSP | Biblioteca (São Paulo – SP)
  • Escola Municipal Prof. Benedicto José Nunes | Biblioteca (Sorocaba – SP)
  • Gibiteca Balão (São Paulo – SP)
  • Gibiteca de Curitiba (PR)
  • Gibiteca do Espaço Cultural Renato Russo (Brasília – DF)
  • Gibiteca Escolar Helena Fonseca, da E.M. Judith Lintz Guedes Machado (Leopoldina – MG)
  • Gibiteca Henfil (São Paulo – SP)

Veja aqui imagens e informações compartilhadas por algumas delas.

Categorias
Quadrinistas nipo-brasileiros

Julio Shimamoto

Julio Shimamoto é também conhecido como Shimamoto, Shima, ou ainda como o Samurai dos Quadrinhos. Referência não apenas entre os quadrinistas nipo-brasileiros, mas também um dos grandes mestres das HQs nacionais. Com 85 anos (completados em maio de 2024), segue produzindo. Em 2019, foi o artista homenageado do Artists Alley da Comic Con Experience (CCXP).

Categorias
blog SV HQ nacional Quadrinistas nipo-brasileiros

Amarelo Seletivo divulga quadrinistas nipo-brasileiros

Neste dia em que se celebra os 114 anos da Imigração Japonesa ao Brasil, a HQ Amarelo Seletivo ganha um desdobramento: o site do projeto passa a abrir espaço para divulgar a trajetória e trabalhos de autores e autoras brasileiros contemporâneos, que produzam quadrinhos e sejam descendentes de japoneses. A ideia é tornar o site uma referência da produção quadrinística nipo-brasileira, para além dos autores da história que deu origem ao projeto (roteiro de Ricardo Tayra, este que vos fala, e ilustrações da TalessaK).

As informações sobre quadrinistas nipo-brasileiros, serão disponibilizadas nesta seção.

Leitores e leitoras podem enviar sugestão de artistas e seus links para o projeto, por meio de um formulário. As sugestões poderão ser incorporadas em atualizações futuras do site.

Para abrir os trabalhos, foi escolhido o nome de Julio Shimamoto, autor que é, além de referência entre autores de ascendência japonesa, é também celebrado como um dos mestres dos quadrinhos brasileiros.

Leia aqui todos os posts do mapeamento.